Páginas

Planos Municipais de Mata Atlântica do Noroeste Fluminense

Inicio > Cobertura Vegetal > Planos Mun. Mata Atlântica
Temas correlacionados: Publicações Técnico-Acadêmicas > Planos
.

Através da articulação do Conselho de Secretários Municipais de Meio Ambiente do Noroeste Fluminense (CONSEMMA-NF), em 2013 foram elaborados pela Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro (SEA) quinze Planos Municipais de Conservação e de Recuperação da Mata Atlântica. A SEA geriu o processo de elaboração executado pela Associação Estadual de Municípios do Rio de Janeiro (Aemerj) e Instituto de Estudos da Religião (Iser).

Os planos são importantes instrumentos de planejamento e gestão que visam à conservação e recuperação do bioma Mata Atlântica, orientando políticas ambientais em uma região com alto potencial de expansão de áreas verdes e de implementação de políticas econômicas que beneficiem o produtor que mantiver florestas em pé.

Foram beneficiados: Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Italva, Itaocara, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Porciúncula, Santo Antônio de Pádua, São José de Ubá e Varre-Sai (Noroeste Fluminense) e São Fidelis e Cardoso Moreira (Norte Fluminense).

Como resultado da elaboração desses planos, o Noroeste Fluminense ganhou seis Unidades de Conservação. As áreas dessas novas unidades terão 19.584 hectares e vão proteger 295 nascentes e cinco espécies de animais ameaçadas de extinção. Para partes devastadas, está previsto o plantio de 24 milhões de mudas.

Somado a isso foram implantados de 15 viveiros de mudas de Mata Atlântica, sendo um para cada município beneficiado, com capacidade de produção anual de 50 mil a 100 mil mudas. Essas mudas foram base para o trabalho de reflorestamento das matas ciliares de rios da região, com previsão de incentivo pela Secretaria do Ambiente com o pagamento por serviço ambiental promovido por agricultores cadastrados.

Não estão disponíveis todos os planos, mas em breve a lista estará completa.
Acesse o brasão de seu município e faça a leitura ou download

Sejamos soberanos no conhecimento de nosso ambiente!
--